Início Biografia Baby & Pepeu Novos Baianos
 
Discografia Solo


O que vier eu traço [1978]


Pra Enlouquecer! [1979]


Ao Vivo em Mountreux [1980]


Juntos de Novos [1981]


Canceriana Telúrica [1981]


Cósmica [1982]


Esperando Você [1983]


Kryshna Baby [1984]


Sem Pecado e Sem Juízo [1985]


Ora Pro Nobis [1991]


Um [1997]


Acústico [1998]


Ano 2000 [2000]


Exclusivo para Deus [2000]


Geração Guerreiros do Apocalypse [2012]


Baby Sucessos [2015]


Discografia Paralela [...]










 


Clique na imagem para download do disco



- LP Ora Pro Nobis (1991)

1. Planeta azul (Nando Chagas/ Baby Consuelo)
2. Acabou chorare
(Moraes Moreira/ Luiz Galvão)
3. Summertime
(Letra: Du Bose Heyward - Música: George Gershwin)
4. Ave Maria no morro (Barracão de zinco)
(Herivelto Martins)
5. Os filhos da música
(Nando Chagas/ Baby Consuelo)
6. Brasileirinho
(Waldir Azavedo/ Pereira Costa)
7. Sem nada guardado no fundo do peito
(Nando Chagas/ Baby Consuelo)
8. Ave Maria
(De Bach/ Gounod)
9. Somos todos iguais nessa hora
(Nando Chagas/ Baby Consuelo)
10. Os meus amigos
(Nando Chagas/ Baby Consuelo)



1. Planeta azul
(Nando Chagas/ Baby Consuelo)

Quando eu penso no futuro do nosso planeta
Fatalmente eu me lembro dessa gente tão careta
Que não tá nem aí pro que pode acontecer
Que tudo quer pra si e não quer nem saber
E o que será das crianças e de toda evolução
E o que fará a ciência contra essa corrosão
Ecologistas sim, imediatistas não
E como controlar toda essa poluição

Revolução, sem choro nem guerra
Evolução, paz, vida e amor na terra

Me sinto indispensável como tantos, e você
Tentando com a canção atrair a sua atenção
Fazer um mundo novo sem fome, sem corrupção
Unindo nosso desejo numa só intenção
Precisamos salvar as florestas e a Amazônia
E proteger sua vida contra a devastação
É o pulmão da Terra, equilíbrio, proteção
E como controlar toda essa poluição...

Não dá mais pra esperar, não dá mais pra seguir
Tanto faz norte ou sul, a verdade está aí
É preciso salvar o planeta azul...



2. Acabou chorare
(Moraes Moreira/ Luiz Galvão)

Acabou chorare,
Ficou tudo lindo
De manhã cedinho
Tudo cá-cá-cá
Na fé-fé-fé
No bu-bu-li-lindo
No bu-bu-bolindo

Talvez belo buraquinho
Invadiu-me a casa
Me acordou na cama
Tomou meu coração
E sentou na minha mão

Abelha, abelhinha
Acabou chorare
Faz um zum-zum pra eu ver
Faz zum-zum e mel

Inda de lambuja
Tem o carneirinho
Presente na boca
Acordando toda gente
Tão suave mé,
Que suavemente

Acabou chorare
No meio do mundo
Respirei fundo
Foi-se tudo pra escanteio
Vi o sapo na lagoa
Entre nessa que é boa
Fiz zum-zum e pronto



3. Summertime
(Gershwin/ Heyward)

Summertime an' the livin' is easy
Fish are jumpin'
An' the cotton is high
Yo' daddy's rich
An' yo' mam is good looking'
So hush little baby dont' yo' cry
One of these mornin's
You goin' to rise up singin'
Then you'll take the sky
But till that morning
There's nothing can harm you
With daddy an' mammy standin' by
(So hush little baby, don' yo' cry)



4. Ave Maria no morro
(Herivelto Martins)

Barracão de zinco
Sem telhado, sem pintura lá no morro
Barracão é bangalô
Lá não existe felicidade de arranha-céus
Pois quem mora lá no morro
Fica bem pertinho do céu
Tem alvorada, tem passarada
No amanhecer sinfonia de pardais
Anunciando o anoitecer
E o morro inteiro no fim do dia
Reza uma prece
Ave Maria



5. Os filhos da música
(Nando Chagas/ Baby Consuelo)

Nós estamos assim num mundo de esperanças
Num processo de mutação
Onde a raça humana se renovará
E fará a esperada evolução
E as crianças que assistem por cima do muro
Suavemente farão os novos dias que virão
Essa geração virá sem riscos de dinheiro, sem corrupção
São os filhos da música, do rock, do samba e da canção

A nova raça virá bem resolvida
São os filhos da ferida
Dos sonhos que não resistirão
Essa geração virá sem falsos valores, sem injustiças
Virão levantar o seu reino e farão o terceiro milênio



6. Brasileirinho
(Waldir Azavedo)

O brasileiro quando é do choro
É entusiasmado
Quando cai no samba
Não fica abafado
E é um desacato
Quando chega no salão

Não há quem possa resistir
Quando o chorinho
Brasileiro faz sentir
Ainda mais de cavaquinho
Com um pandeiro
E o violão na marcação

Brasileirinho chegou
À todos encantou
Fez todo mundo dançar
A noite inteira no terreiro
Até o sol raiar
E quando o baile terminou
A turma não se conformou
Brasileirinho abafou
Até um velho que já estava
Encostado nesse dia se acabou

Para falar a verdade
Tava conversando
Com alguém de respeito
E ao ouvir o grande
Eu dei logo um jeito
Deixei o camarada falando sozinho

Gostei, dancei, pulei, pisei
Até me acabei
E nunca mais esquecerei
O tal chorinho brasileirinho



7- Sem nada guardado no fundo do peito
(Nando Chagas/ Baby Consuelo)

Eu vou dizer tudo pra ele
Que o amor não dá pra esperar demais
Porque quando a gente caminha
Deixa tudo
Os problemas e culpas pra trás

Eu quero me entregar
Sem medo, sem preconceito
Sem passado pra me questionar
E sem nada guardado no fundo do peito
Porque eu te amo

Se a gente já juntou nosso panos
O cheiro e até o mesmo sabonete
A mesma escova de dentes
E usei de paixão sua cueca
Porque eu acho lindo assim
Eu sou muito romântica e sapeca
Você ri, me olha e me encanta
E me entrega a mulher que há em mim
E eu tão afim

Vem me provocar
E me fazer saber
Que eu sempre posso tudo
Tudo com você

Você é a guitarra
E eu sou a soprano
Se você me toca
Eu fico solando
E quando eu te toco
É um show completo
É um sucesso
Dia e noite se amando



8. Ave Maria
(De Bach/ Gounod - Adaptação: Paulinho Nogueira)

Ave Maria
Gratia plena
Dominus tecum
Benedicta tu in mulieribus
Et benedictus fructus ventres
Tui Jesus

Sancta Maria, Sancta Maria

Maria
Ora pro nobis
Nobis peccatoribus
Nunc et in hora, in hora
Mortis nostrae
Amen, Amen



9. Somos todos iguais nessa hora
(Nando Chagas/ Baby Consuelo)

Oh, meu Deus
Agradeço por poder amar
Por gozar e me elevar
Irromper nessa emoção
Agradeço pelo beijo na boca de paixão
Pelo corpo no outro corpo
Pelo toque sutil das mãos
Pelo homem e pela cama
Por essa libertação
Pela ausência de qualquer pecado
Pelo sexo que não se sente culpado
Por quebrarmos os tabus
E assumirmos os direitos que só os homens tinham então
Ao prazer
E saber que além da anatomia
Somos todos iguais nessa hora
Na hora do amor
De carinhos em harmonia no amor



10. Os meus amigos
(Nando Chagas/ Baby Consuelo)

Eu não tenho que dar satisfação
Meu compromisso é com o bem
Com a verdade
Comigo e com mais ninguém
Só quero caminhando comigo
Gente verdadeira
E que não se venda nenhuma maneira

Eu não escolho os amigos
Pela cultura ou vício
Eu não escolho os amigos pela religião
É mergulhando em seus olhos
Que eu sinto o que eles são

Eu só quero amigos que não se misturem
Com a sacanagem geral
Pra que casa e comida sejam sempre
Uma coisa natural








 

 

Discografia com
Novos Baianos


É Ferro na Boneca [1970]


Compacto Duplo [1971]


Novos Baianos + Baby Consuelo no
Final do Juízo [1971]


Acabou Chorare [1972]


Novos Baianos FC [1973]


Novos Baianos [1974]


Vamos pro Mundo [1974]


Caia na estrada e perigas ver [1976]


Praga de Baiano [1977]


Farol da Barra [1978]


Trio Elétrico Novos Baianos [1979]


Infinito Circular [1997]






Páginas


Site Oficial Baby do Brasil

Site Fã Portal SNZ

Site Oficial Sarah Sheeva

Site Fã Sarah Sheeva

Site Oficial Nãna Shara

Site Fã Nãna Shara

Site Oficial Zabelê

Site Fã Zabelê






Acessos




 


Essa página é uma homenagem a cantora Baby do Brasil | Criação e atualização da página pelo fã João Rossi © 2005 ℗ 2015